Entre em contato

Formulário





Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 91304-2489

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg a Sex, das 09h às 19h

  • Localização

    Al. Ásia, 144 - Centro Empresarial Tamboré - CEP: 06543-312

X

Solicitação rápida

Formulário





X

Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 3864-9249

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg à Sex dás 09hs às 19hs

  • Localização

    R. Heitor Penteado, 113 - Sumarezinho, São Paulo - SP, 05437-000

Entenda o que é essa novidade e como se preparar para ela.

O Google é, disparado, a ferramenta mais utilizada quando o assunto é pesquisa e está sempre se aprimorando para oferecer a melhor experiência aos seus usuários. No meio deste ano, chega o Google Page Experience como mais uma forma de otimizar a experiência dos usuários que navegam pela plataforma. Quer entender melhor? Vem com a gente!

O que é o Google Page Experience?

Com certeza você já se deparou com a expressão UX. Mas se você ainda não sabe o que isso significa, UX é a sigla para User Experience ou, em português, experiência do usuário. Quando estamos falando sobre um site, por exemplo, essa experiência é determinada por um conjunto de parâmetros relacionados à interação e ao comportamento deste usuário ao navegar pelo site.

Mas o que o tal do UX tem a ver com o Google Page Experience? Acontece que o Google decidiu usar a experiência de usuário como fator de ranqueamento dos websites nos resultados de pesquisas. Ou seja, o que antes dependia basicamente de SEO, agora depende de algo bem mais complexo, que é como o usuário experimenta aquela determinada plataforma.

Calma, vamos te explicar melhor!

Até aqui a gente já entendeu que o Google acrescentou uma série de critérios baseados na experiência do usuário para que os sites alcancem uma melhor posição nas suas buscas. Afinal, quais são esses critérios?

Os principais são:

– O tempo que o site demora para carregar a maior parte do conteúdo de suas páginas. Seja esse conteúdo imagem ou texto, deve ser carregado em menos de 2,5 segundos.

– O tempo de resposta para ações do usuário (cliques), deve ser abaixo de 100 milissegundos.

– O uso do protocolo HTTPS, que já era importante para sinalizar se o site é seguro ou não, fica ainda mais essencial.

– Anúncios invasivos e itens que trocam de posição dentro da página são considerados um fator que colabora para tornar a experiência do usuário menos positiva.

O que é interessante de perceber nessa mudança é que as ferramentas digitais estão cada vez mais focadas no que é bom para o usuário e a experiência, hoje, é o fator principal para as métricas dos algoritmos do maior site de busca do mundo. Agora que você já sabe um pouco sobre o Google Page Experience, está na hora de fazer aqueles pequenos ajustes para otimizar o seu site e atingir um bom lugar no pódio das buscas.

Tags:

, , , ,

  • Compartilhar
  • Imprimir

12 comentários em “Google Page Experience”

  1. 927906 683324There couple of fascinating points at some point in this posting but I dont determine if these folks center to heart. There is some validity but Let me take hold opinion until I check into it further. Great write-up , thanks and then we want far more! Combined with FeedBurner in addition 491077

  2. Pingback: stromectol
  3. Pingback: deltasone mg
  4. ww88com disse:

    296149 918357Hi there, just became alert to your weblog by way of Google, and discovered that its truly informative. Im gonna watch out for brussels. Ill be grateful in the event you continue this in future. Lots of individuals will likely be benefited from your writing. Cheers! 134011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chame no WhatsApp