Entre em contato

Formulário





Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 9-8945-3610

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg à Sex dás 09hs às 19hs

  • Localização

    Rua do Paraíso, 347 - Paraíso - São Paulo - CEP: 04103-000

X

Solicitação rápida

Formulário





X

Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 3864-9249

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg à Sex dás 09hs às 19hs

  • Localização

    R. Heitor Penteado, 113 - Sumarezinho, São Paulo - SP, 05437-000

O uso do mobile cresce a cada ano. Entenda a cultura do mobile e como ela influenciou a comunicação nos últimos anos.

Já pensou como seria sua vida sem um smartphone? É difícil imaginar uma rotina sem todas as facilidades que estamos acostumados a ter na palma da mão. Graças ao mobile, hoje, é preciso apenas um clique para acessar informações, pessoas e lugares do mundo todo. Toda tecnologia que permite que uma pessoa se movimente sem se privar de seu uso pode ser considerada mobile, ou seja: smartphones, notebooks, tablets, pendrives, ultrabooks e outros.

Cada vez mais ágil e compacta, a tecnologia mobile nos permite carregar o mundo no bolso ou na bolsa, o que, ao longo do tempo, fez com que se tornasse indispensável para a vida do ser humano contemporâneo. Os serviços mobile e outras inovações tecnológicas, como o GPS, o Bluetooth e todo o universo dos apps que usamos diariamente, desde bancos até jogos, redes sociais e outros, transformaram e facilitaram as atividades diárias das pessoas.

Segundo o relatório do Mobile Globe Report, o celular roubou a vez e hoje os usuários da internet passam mais tempo conectados através dos seus smartphones do que em outras mídias como o computador e o notebook. Comprovadamente, o celular é usado por mais de dois terços do mundo, cerca de 67% da população – e esse número aumenta a cada ano. A mesma pesquisa indica que a média de tempo dedicado às telinhas dos smartphones é de 30 a 40 horas semanais.

Popularização do mobile

Com o aumento exponencial de usuários de smartphones surgiram os aplicativos mobiles, que podem ter inúmeras funções. Vale ressaltar que, nos dias atuais, o segmento de startups que trabalham para inovar e otimizar os serviços do sistema financeiro têm se destacado. Ainda, existem os outros apps que, segundo pesquisas, são os favoritos para facilitar a vida dos brasileiros, como o WhatsApp, Instagram, Uber, Google, Youtube.

Brasileiros usam do espaço criado nas plataformas para interagir com pessoas, compartilhar experiências, consumir entretenimento e até mesmo fazer compras, como é o caso do Instagram, que lançou uma seção exclusiva para compras dentro do app. Além disso, é inegável o poder que o compartilhamento de informações via redes sociais tem sobre o comportamento geral da sociedade, visto que é através das próprias redes que a maioria dos brasileiros acessa informações sobre questões de interesse público.

Ainda, há de se observar o crescimento da presença de apps de comércio móvel na tela inicial dos smartphones brasileiros. Aplicativos como Uber, 99 Táxi e iFood demonstram que o aparelho de celular virou, de fato, um instrumento de compra de produtos e serviços 24h por dia, nos 7 dias da semana – o que afetou e continua a afetar comércios físicos, muito mais em tempos de pandemia e isolamento social.

Mobile: uma tendência crescente

Como dissemos anteriormente, a tendência para o mercado mobile é de expansão. Se hoje já podemos observar mudanças culturais e de comportamento que são decorrentes do uso do mobile, em 2025, que segundo pesquisa realizada pela GSMA terá 80% da população mundial com acesso constante aos dispositivos mobile, as possibilidades serão infinitas.

Pensando dessa forma, desenvolver canais para se conectar com esse público que cresce cada vez mais é mais do que necessário. Há que se considerar que, ao mesmo tempo em que o uso do mobile é grande, o número de apps que são desinstalados é também significativo. Por isso, esses canais devem ser atrativos e eficazes – e isso é um desafio. As estratégias para uma boa implementação devem considerar todos os fatores que influenciam a experiência do usuário, do começo ao fim.

  • Compartilhar
  • Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *