Entre em contato

Formulário





Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 9-8945-3610

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg à Sex dás 09hs às 19hs

  • Localização

    Rua do Paraíso, 347 - Paraíso - São Paulo - CEP: 04103-000

X

Solicitação rápida

Formulário





X

Fale conosco diretamente

  • Telefone

    (11) 3864-9249

  • E-mail

    contato@flyage.com.br

  • Horário de Atendimento

    Seg à Sex dás 09hs às 19hs

  • Localização

    R. Heitor Penteado, 113 - Sumarezinho, São Paulo - SP, 05437-000

Confira o começo da nossa série sobre o copywriting e desvende todos os mistérios desta estratégia de marketing.

Copywriting é, basicamente, toda técnica empregada no processo de produção estratégica de textos para ações de marketing com o intuito de gerar conversões e vendas. Usando de gatilhos mentais e outras estratégias de persuasão, o profissional responsável pelo desenvolvimento de textos para e-mails, sites, catálogos, anúncios, mídias digitais, blogs e outros, é chamado de copywriter.

Como surgiu o copywriting?
Apesar de ser um conceito que ganhou mais espaço no mercado nos tempos atuais, o copywriting não é um termo novo: a palavra copy ganhou sua primeira definição por volta de 1828, quando Noah Webster atribuiu à palavra um novo significado que, ao contrário da tradução literal que indica “cópia”, indica “algo original que deve ser imitado na escrita e na impressão”.

Por muitos anos, essa definição proposta por Webster foi somente utilizada por pessoas da imprensa, como jornalistas e impressores, que chamavam de copywriter o profissional responsável por criar textos de anúncios a fim de diferenciá-lo dos outros profissionais responsáveis pela redação de notícias – os redatores.

Dessa forma, os copywriters do século XX eram também chamados de redatores publicitários e exerciam um papel muito importante, que determinou a fama e o sucesso de várias marcas. Contudo, com o crescimento da internet e o boom do marketing digital, as necessidades e demandas começaram a se modificar, exigindo do profissional copywriter uma reformulação que acabou distanciando a profissão cada vez mais da publicidade em si.

Copy vs. redação publicitária
Apesar da estratégia do copywriting ter “nascido” da redação publicitária, existem algumas características que diferenciam as técnicas de um para outro. Enquanto a redação publicitária procura criar um anúncio de venda com uma mensagem mais curta e suave, com o objetivo de redirecionamento para a venda direta, o copywriting traz consigo o que chamamos de CTA ou call to action – chamada para ação. Essa “chamada” é uma tática usada para processos de vendas mais longos e que exigem mais persuasão, como por exemplo nos casos de marketing de conteúdo, SEO e redes sociais.

Dentre as competências do copywriter, uma das mais interessantes é a versatilidade de formatos, canais e mídias com as quais o profissional pode trabalhar a fim de estender a experiência do consumidor no processo de vendas e conduzir, conversar com seu público até a conversão acontecer, de fato. Como, por exemplo:

Anúncios
Dos clássicos comerciais de TV, spots de rádio e páginas de jornais, até pop-ups, links patrocinados e conteúdos para as mídias sociais: qualquer mensagem publicitária cuja finalidade é promover produtos, ideias e serviços pode ser considerada um anúncio.

Peças publicitárias
Componentes de campanhas, podem ser de diversos formatos.

Roteiros de vídeos
Tem muita gente produzindo conteúdo em vídeo, não é mesmo? E de onde será que vêm esses textos? Obviamente, também dos profissionais copywriters.

Artigos
Textos para blogs e sites com o objetivo de gerar engajamento e atingir melhores posições nos rankings dos sites de pesquisa. Aqui, os profissionais do copy cria textos otimizados através das ferramentas de SEO.

E muito mais!
E-mails marketing, newsletter, roteiros de vendas (para telemarketing e outros), conteúdo para redes sociais e várias outras especialidades textuais fazem parte do trabalho do copywriter.

Gostou desse conteúdo? Então continue acompanhando o nosso blog, porque este é o primeiro de uma série de conteúdos e informações sobre copywriting que estão vindo por aí!

  • Compartilhar
  • Imprimir

3 comentários em “Copywriting: o que é?”

  1. Roberto Malta disse:

    Muito bom! Ficou Show! Vale a Pena Trazer Mais Pessoas
    para Ver Isso! Vou Deixar Uma Dica: Atraia Mais Pessoas
    para Visitarem Seus Links Usando a plataforma GRATUITA
    do ‘TrafegoParaSite com br’ ou pesquise no Google por
    ‘PortaLHeRo Como fazer Marketing Digital’ e Irá Encontrar!
    Fica a Dica pra vcs e seus visitantes, obg

  2. Era isso que estava procurando! Quero deixar minha
    sugestão de melhoria para o crescimento do número de
    visitantes reais do seu site. Leia a matéria completa que o
    PortaL HeRo fez sobre Marketing Digital e fique sabendo
    Como Solucionar os desafios para alcançar seu público alvo
    e aumentar o número de seus possíveis novos clientes.
    Leitura dinâmica e Gratuita! Vale a pena conferir!

  3. To passando aqui de novo, pois já tinha salvo nos meus
    favoritos para ler depois com calma outras postagens.
    Quero te dar uma Sugestão… Como Anda as suas
    Divulgações? Já Pensou em Dar uma Turbinada no Número
    de Visitantes Reais por Aqui? E Quem Sabe Conseguir
    Novos Clientes? Se eu puder te ajudar de alguma forma
    gratuitamente, entra em contato comigo pelo email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *